A dor facial decorrente dos distúrbios e das disfunções da Articulação Temporomandibular (ATM) é muito prevalente no consultório Odontológico. É de média intensidade e causa desconforto no desenvolvimento das funções comuns como a mastigação, deglutição e fala, podendo surgir em vários pontos da face, irradiando para a coluna cervical, região supra orbicular e orelha. Muitas vezes é confundida com enxaqueca, sinusite ou nevralgia do nervo Trigêmeo, partindo daí a necessidade de um diagnóstico diferencial.

Analgésico e relaxante muscular podem ser indicados, mas às vezes são ineficientes no tratamento desses quadros dolorosos ou são contra indicados para determinados pacientes e nesta oportunidade podemos lançar mão do Laser Terapêutico para minimizar a dor, relaxar a musculatura e estimular a produção de substâncias como as endorfinas, cuja ação causa relaxamento e sensação de bem estar local.

O aparelho de laser utiliza uma luz de baixa frequência de cor avermelhada, com vários comprimentos de onda. Essa luz tem efeito analgésico, antiinflamatório e biomodulador e é aplicada no local de dor por alguns segundos, provocando a liberação dos “pontos gatilhos” e melhorando o quadro sintomático. Por suas propriedades altamente terapêuticas, minimizam a dor rapidamente, quando não, a elimina totalmente.

INDICAÇÕES NA ODONTOLOGIA

  1. Reparação Tecidual;
  2. Alívio da dor;
  3. Diminuição dos inchaços característicos dos processos inflamatórios;
  4. Anestesia;
  5. Tratamento de hematomas;
  6. Paralisia Facial;
  7. Nevralgia de Trigêmeo;
  8. Sensibilidade Dentária;
  9. Herpes e aftas;
  10. Pós cirúrgico.

A palavra LASER significa light Amplification by Stimulated Emission of Radiation que, em português significa ‘luz amplificada pela emissão estimulada de radiação.

2022-01-30T14:46:29-03:00
Go to Top