A voz foi e sempre será o instrumento primário de comunicação. Mesmo em tempos de redes sociais e de aplicativos de mensagens instantâneas! Para todos a voz é única como a impressão digital, e os traços faciais. Pode denunciar insegurança ou mostrar confiança. Pode mostrar como está nosso estado de espírito… Felizes, arrasados ou prestes a desabar no choro.

Mas como cuidar desse instrumento único? Continue lendo e saiba mais:

Evitar o fumo

Sempre uma recomendação presente quando falamos em boa saúde. Fumantes agridem constantemente as delicadas pregas vocais. A voz tende a ficar mais grave e, no caso das mulheres, masculinizada.

Tomar bastante líquidos distribuídos no decorrer do dia

Hidratação é essencial. Em dias mais secos, aumentar a quantidade de líquidos.
Qual o melhor? Água, certamente! Qual o pior? Bebidas alcoólicas. Além de desidratar nosso organismo, em conjunto com o tabagismo, é um grande contribuinte na gênese dos cânceres de cabeça e pescoço.

Não abusar da voz, gritos podem ser prejudiciais

Falar demais, sem intervalos regulares e o adequado preparo, assim como gritar muito, podem prejudicar a voz definitivamente.

Procure auxílio médico em caso de rouquidão prolongada

Gripes e resfriados podem causar alterações de voz por alguns dias. Se este sintoma durar mais do que duas semanas, é melhor verificar o que está acontecendo e procurar um médico.

Professores, cantores, profissionais da voz em geral

É uma excelente iniciativa procurar um fonoterapeuta preventivamente. Bons hábitos vocais podem poupar seu instrumento de trabalho de longos períodos em manutenção.

2022-01-30T15:16:51-03:00
Go to Top